Os prazeres e frustrações da E3 2018

A E3 2018 termina oficialmente nesta quinta-feira, em Los Angeles (Califórnia, EUA). Aberto ao público desde o dia 12, o maior evento internacional de jogos eletrônicos deu início à famosa conferência de empresas da indústria um pouco antes, no sábado, dia 09.

Assim como na edição de 2017, a feira contou com pontos altos e baixos. Isso porque ela atrai grande atenção da mídia especializada e público geral do segmento, cujas expectativas se convertem em impressões positivas e negativas.

e3-2018-o-que-rolou
A E3 acontece em Los Angeles, Califórnia (EUA)

SURPREENDERAM
A E3 2018 não contou com nenhum grande anúncio inesperado, principalmente porque houveram muitos vazamentos e rumores antes da feira começar, o que comprometeu qualquer revelação de impacto que as empresas pensaram em preparar.

No entanto, muitos títulos apresentados trouxeram novidades que alegraram os fãs. A Eletronic Arts (EA), que abriu a rodada de conferências, por exemplo, confirmou a licença da Liga dos Campeões da Europa em Fifa 19 — que era exclusivo do concorrente Pro Evolution Soccer (PES).

O recurso deve ampliar a experiência realista do jogo que chega ao mercado no dia 28 de setembro deste ano. Além disso, novas mecânicas e animações devem tornar a franquia ainda mais fluída, responsiva e precisa.

fifa-19-liga-dos-campeos
Fifa 19 terá licença oficial da Liga dos Campeões da Europa

Novamente fora dos palcos, a Nintendo e sua apresentação Direct (vídeo gravado) surpreendeu com Super Smash Bros. Ultimate, para Switch. Não devido ao título, mas sim por revelar a presença de todos os personagens que já passaram pela franquia no jogo que será lançado em 07 de dezembro de 2018.

A Nintendo também anunciou outros jogos para o Switch, como Overcooked 2 (lançamento em 07 de agosto), Fire Emblem: Three Houses (para 2019), Daemon x Machina (para 2019), Super Mario Party (lançamento em 05 de outubro) e uma adaptação de Dragon Ball: FighterZ (ainda para 2018).

Outros anúncios prazerosos da E3 2018 foram a divulgação de The Elder Scrolls VI, DOOM Eternal e Starfield, sequências e nova propriedade intelectual (IP) da Bethesda, respectivamente (todos sem data de lançamento).

The Awesome Adventures of Captain Spirit (lançamento gratuito em 26 de junho), jogo da Dontnod que influenciará os acontecimentos de Life is Strange 2; e Sekiro: Shadows Die Twice, nova IP da FromSoftware (para 2019) fecham a lista.

nintendo-super-smash-bros
A Nintendo mandou bem no anúncio dos personagens que estarão em Super Smash Bros. Ultimate

MICROSOFT X SONY
Quem fez bem mesmo na E3 2018 foi a Microsoft. Tudo bem que Gears of War 5 já era esperado de se ver na conferência, mas a equipe do Xbox tratou de surpreender ao anunciar Gears Pop e Gears Tatics, games alternativos da franquia — todos sem data de lançamento. O primeiro, para mobile, não teve muitos detalhes revelados, enquanto o segundo será de estratégia.

A conferência da Microsoft também contou com o anúncio do já esperado Devil May Cry V (para 2019)¸ protagonizado novamente pelo personagem Nero, e um título inesperado: Jump Force (também para 2019), jogo de luta com cross over entre personagens dos animes Dragon Ball, Naruto e One Piece — por enquanto.

Além desses e outros títulos multiplataforma apresentados, a Microsoft também divulgou novos exclusivos, como Halo Infinite (sem data de lançamento), Forza Horizon 4 (02 de outubro deste ano), Crackdown 3 (para 2019), um novo Battletoads (para 2019) e Session (também para 2019). Este último se trata de uma nova IP de skate em desenvolvimento pela Cre-ature Studios.

forza-horizon-4
O anúncio de Forza Horizon 4 foi um dos destaques da conferência da Microsoft

Já a Sony¸ que prometeu uma apresentação memorável na feira, deixou muito a desejar. Com quatro títulos exclusivos para o PlayStation 4 (PS4), parece que a empresa não soube explorar muito bem o hype. Quem se salvou foi Marvel’s Spider-Man, cuja data de lançamento havia sido anunciada antes da E3 (07 de setembro de 2018), mas que ainda não tinha muitas informações divulgadas. Na feira, a Insomniac Games revelou uma jogabilidade dinâmica e novos vilões, como Rino, Abutre, Electro e Lagarto.

Outro anúncio de impacto na conferência da Sony foi o novo trailer de Resident Evil 2: Remake, que será lançado em 25 de janeiro de 2019 para PS4, Xbox One e PC. Enquanto isso, os trailers-gameplay dos exclusivos The Last of Us Part II, Death Stranding e Ghost of Tsushima se mantiveram misteriosos (com exceção para o último título). Embora agradáveis, não revelaram suas respectivas datas de lançamento — ou seja, devem aparecer novamente na E3 2019, sendo que dois deles já estavam na edição de 2017 da feira.

the-last-of-us-part-ii
Quem esperava uma data de lançamento para The Last of Us Part II ficou naquele abraço

OUTRAS FRUSTRAÇÕES
Havia uma grande expectativa quanto ao Final Fantasy VII: Remake, que está sendo desenvolvido pela Square Enix desde 2014. Mas o jogo nem deu as caras no evento. Cyberpunk 2077, da CD Projekt RED, foi anunciado ainda antes: 2012. Apesar disso, o jogo só apareceu na E3 2018 com um trailer novo e nenhuma previsão de lançamento.

Quem também não deu as caras foi Metroid Prime 4, exclusivo da Nintendo. O jogo era aguardado pelos fãs, mas a empresa disse que, como ainda está em desenvolvimento, não era hora de levá-lo à feira. O mesmo aconteceu com o novo jogo do Yoshi para Switch, que além de não aparecer, foi adiado para 2019 segundo a desenvolvedora Good-Feel.

Havia rumores de que a FromSoftware estivesse preparando um possível Bloodborne 2 ou Demon’s Souls Remake para o PS4. Mas a empresa jogou um balde de água fria nessas informações infundadas ao anunciar Déraciné, título dedicado ao impopular PlayStation VR.

cyberpunk-2077
Quem chega primeiro, Cyberpunk 2077 ou os carros voadores?

OUTROS DESTAQUES
No balanço final, a E3 2018 foi muito positiva, prometendo um excelente 2019 com a quantidade e qualidade de títulos apresentados na feira. Entre eles, está Anthem da EA (19 de fevereiro), Metro Exodus da 4A Games (22 de fevereiro) e The Division 2 da Ubisoft (15 de março).

Continuando a lista, dessa vez com títulos sem data específica de lançamento, tem Dying Light 2 da Techland, Star Wars: Jedi Fallen Order da EA, Rage 2 da Bethesda, Twin Mirror da Dontnod, Babylon’s Fall e The Quiet Man da Square Enix, Beyond Good & Evil 2 e Skull and Bones da Ubisoft, Control da Remedy, e Nioh 2 da Koei Tecmo.

control-remedy
Control, nova IP da Remedy, foi divulgado na conferência da Sony

Mas 2018 ainda não acabou, e conta com grandes jogos também apresentados nesta E3, como Shadow of the Tomb Raider (14 de agosto) e Just Cause 4 (04 de dezembro) da Square Enix, Fallout 76 da Bethesda (14 de novembro), Assassin’s Creed: Odyssey (05 de outubro) e Battlefield V (11 de outubro) da Ubisoft, e Call of Duty: Black Ops IIII da Activision (12 de outubro).

Teve algum outro jogo importante que ficou de fora? Alguma frustração ou prazer da E3 2018 não mencionado? Comente abaixo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.